João Gomes de Abreu · Bernardo P. Carvalho

 

No princípio do mundo, no tempo em que todos caminhavam sem levar nada consigo, um urso detém-se junto a uma figueira decidido a comer o seu fruto preferido.
O urso observa os ramos, mas apercebe-se de que na figueira, escondido entre a folhagem, há apenas um figo ainda um pouco verde.
“Quanto tempo levará este figo a ficar doce?” pergunta-se o urso. 
“Talvez um dia?” 
E, muito confiante, senta-se, esperando pelo seu figo maduro. 
Mas à volta da figueira esperam-no muitas peripécias... 
Porque, para quem serão os figos afinal? Para quem passa?
Para quem os guarda? Para os mais fortes? Para os mais rápidos? 
Ou para quem tem mais fome?

Uma história com suspense e humor q.b. que vai agarrar os leitores (mesmo aqueles que não gostam de figos...).

Os figos são para quem passa

€12.90Preço

    sobrestórias: um atelier-loja cheio de estórias por contar

    • Grey Facebook Icon
    • Grey Instagram Icon